12 PEQUENAS CURIOSIDADES SOBRE O MAR MORTO





O mar Morto é um lago de água salgada situado na fronteira entre Israel e Jordânia, no Oriente Médio.

O mar Morto é a maior depressão absoluta do mundo, com aproximadamente 400 metros abaixo do nível do mar.

Ele é citado nos textos bíblicos como mar Salgado, mar Oriental e mar de Arabá.

Acreditava-se que a mítica cidade de Sodoma, que, segundo os relatos bíblicos, foi destruída por Deus em virtude de seus pecados, ficava nas margens do mar Morto.

Existem diversas cavernas nas montanhas e escarpas do entorno do mar Morto. Foi numa delas que na década de 1 940 foram encontrados manuscritos de origem essênia conhecidos atualmente como Manuscritos do Mar Morto.

Ele é alimentado pelo rio Jordão e seus afluentes Hasbani, Dan e Basnia. Historiadores da antiguidade chegaram a chamá-lo de mar de Lot ou mar de Sodoma.

Enquanto nos oceanos o nível de sal é de cerca de 3,5%, no mar Morto ele chega a 35%. A salinidade torna-o impróprio para a vida, o que explica o seu nome. A única exceção é a bactéria Haloarcula marismortui, que consegue filtrar os sais e sobreviver sem maiores problemas.

A alta concentração salina torna o mar Morto mais denso do que o corpo humano. Daí que, por mais que tente, ninguém consegue afundar.

A evaporação elevada e a captação da água do rio Jordão para a agricultura levaram o mar Morto a perder 35% da sua capacidade entre os anos de 1 954 e 2 014.

Alta concentração de sódio e outros minerais tornou a lama do mar Morto atraente para a indústria da beleza. Ela é utilizada em tratamentos dermatológicos e estéticos em virtude de suas supostas propriedades medicinais.

Os tão propagados efeitos terapêuticos da lama incentivaram a indústria da beleza em Israel, principalmente com a construção de spas nas suas margens. Alguns são procurados por turistas do mundo todo.

Erupções de betume são comuns nas praias do mar Morto. Na antiguidade, ele era utilizado com frequência na construção e edifícios e palácios. O betume era tão conhecido no tempos bíblicos que, acredita-se, chegou a ser utilizado por Noé para vedar a sua arca.

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, Mundo Estranho, Planeta Curioso.


Comentários!: