12 RAZÕES CURIOSAS PARA VOCÊ CONHECER EDIMBURGO, CAPITAL DA ESCÓCIA





Edimburgo é a capital e segunda mais populosa da Escócia, depois de Glasgow.

 

Enquanto na maioria dos países os ruivos representam 1% da população, na Escócia eles são 7%. Com a maior proporção de ruivos do mundo em seu entorno, não é sem motivos que Edimburgo realiza a Ginger Pride Parade, a única parada de pessoas de cabelos vermelhos do mundo.

 

Durante o verão, a cidade promove um dos mais importantes festivais culturais da Europa: o Festival de Edimburgo. Não se trata de um único festival, mas de uma série de eventos de teatro, dança, cinema, música literatura e até apresentações de bandas militares. São mais de 2,5 mil eventos.

 

A Escócia é uma espécie de país dos castelos. Dizem que num passado não muito remoto, chegou a possuir 3 000 castelos, alguns muito bem preservados. Um desses castelos é o de Edimburgo (imagem acima), um dos principais pontos turísticos da cidade. Aliás…

 

Você sabia que existem em Edimburgo excursões com o propósito de levar os turistas para os lugares mal-assombrados da cidade?

 

Um dos pontos mais procurados pelos visitantes é o Palácio de Holyrood, a residência oficial da rainha na Escócia.

 

Acredite se quiser, mas boa parte dos bancos de praça da cidade (senão todos!) tem donos. Eles possuem placas com o nome de pessoas falecidas que costumavam sentar ali. Quem paga por essas placas são as famílias, numa forma de homenagear os entes queridos falecidos.

 

Uma das coisas que mais chamam a atenção dos turistas são as casas com chaminés. Essas chaminés surgiram durante a era vitoriana, quando se usava carvão para aquecer as residências. Ninguém mais usa carvão hoje em dia, até porque a sua utilização é proibida, mas Edimburgo ainda é chamada de Auld Reekie, ou “velha chaminé”.

 

Entre as atrações mais curiosas da cidade está o Scotch Whisky Experience, um museu dedicado à bebida mais famosa do país. Além de conhecer a história do produto, o visitante pode aprender como fabricá-lo e ainda por cima diferenciar os diversos tipos com uma visita guiada.

 

Existe em Edimburgo um monumento a um cãozinho. Chamado Bobby, ele permaneceu 14 anos ao lado do túmulo de seu falecido dono. Dizem que era alimentado pelos coveiros que ali trabalhavam. Ao morrer, Bobby foi sepultado perto de seu dono.

 

J. K. Rowling, criadora da série Harry Potter, mora em Edimburgo. As histórias do bruxinho e seus amigos surgiram numa cafeteria da cidade.

 

Entre os pratos típicos servidos nos restaurantes de Edimburgo, Glasgow e outras cidades escocesas estão o haggis (um bucho de carneiro recheado com vísceras, bem parecido com a nossa buchada de bode), o tattie scone (uma espécie de panqueca de batata), o smoked salmon (salmão defumado servido em várias refeições) e a scott pie (uma torta de carne).

 

Fontes: Wikipédia, Edimburgo.net.

 

 


Comentários!: