18 COISAS QUE TORNAM A AUSTRÁLIA UM PAÍS INCOMUM





Devido ao seu isolamento geográfico (estima-se que o sub-continente australiano tenha se separado da Antártida há 50 milhões de anos), a Austrália possui animais únicos, que não são encontrados em nenhum outro lugar do mundo. Um bom exemplo são os marsupiais (mamíferos com uma bolsa que substitui a placenta) como o lobo-da-Tasmânia, o canguru e o coala.

 

Coelhos, camelos e sapos-cururus são verdadeiras pragas na Austrália. Detalhe: tratam-se de espécies não-nativas, “introduzidas” no país pelo próprio ser humano.

 

A Austrália é o país com maior número de cobras venenosas do mundo. Das 25 espécies mais venenosas, 20 vivem lá.

 

O litoral da Austrália é o habitat do animal mais venenoso do mundo: a vespa-do-mar, um tipo de medusa capaz de matar 60 homens. Basta esbarrar numa para que a pessoa sinta os efeitos terríveis do veneno. Por sinal, já morreram mais pessoas atingidas por vespas-do-mar do que por tubarões.

 

É também um dos habitats do único crocodilo de água salgado do planeta. Também chamado de crocodilo poroso, ele é extremamente perigoso para o ser humano. Em maios de 2 016, uma mulher desapareceu numa praia do norte da Austrália depois de ser atacada por um crocodilo.

 

A maior rocha que existe na Terra encontra-se na Austrália. É o monte Augustus, um monólito (estrutura geológica como uma montanha) de 860 metros de altura. O segundo lugar é também de um monólito local, o Uluru Ayers Rock.

 

As leis australianas proíbem a venda de bebidas alcoólicas em supermercados ou qualquer outro estabelecimento que não sejam as bottle shops (restaurantes e bares).

 

Acredite se quiser, mas existe uma lei no estado de Victoria que proíbe vestir calças cor-de-rosa aos domingos depois do meio-dia.

 

Quando não acreditam em algo ou ficam surpresos com alguma coisa, os australianos soltam a expressão “Fuck me dead!”, que significa “Oh, meu deus!” ou “Você está brincando!”.

 

Os australianos lotam as praias durante os meses quentes do verão. Aliás, eles adoram pegar um bronzeado. O problema: isso tornou a Austrália um país com maior incidência de câncer de pele do mundo.

 

Todos sabem que os australianos dirigem do lado contrário do brasileiro. O detalhe é que tudo é pelo mesmo lado, inclusive o tráfego de pessoas nas calçadas e as escadas rolantes.

 

É comum ver pessoas andando descalças nas calçadas, ruas e até em shoppings.

 

É quase impossível ver um animal de rua nas grandes cidades. Isso ocorre porque a maioria dos animais domésticos tem identificação para devolução ao dono em caso de fuga ou abandono. Se o animal for abandonado várias vezes, o dono é multado.

 

Os aniversariantes australianos têm o hábito de beijar a pessoa do sexo oposto mais próxima depois de partir o bolo.

 

Festas infantis são festas infantis. Ou seja, adultos não participam das festas de aniversário das crianças. Os pais deixam os filhos no local do evento e vão buscá-los depois. Detalhe: as festas têm horário para terminar.

 

Um dos produtos mais populares nos supermercados locais é o Vegemite, uma pasta salgada e amarga feita de levedura de cerveja. Os australianos aproveitam o Vegemite no pão, em sopas, no macarrão e em uma infinidade de alimentos.

 

A carne de canguru é muito apreciada pelo povo australiano, inclusive em sopas.

 

É claro que os australianos usam garfos e colheres nas refeições. Eles, no entanto, não s e importam em comer com as mãos. Muito pelo contrário. É muito vê-los comendo com as mãos, seja uma simples salada ou um pedaço de carne assado num churrasco no parque.

 

Fontes: Wikipédia, Superinteressante, Buzzfeed, Universo Australiano.

 

 


Comentários!: