CONFIRA 23 PESQUISAS E ESTUDOS CIENTÍFICOS MALUCOS





Seguem abaixo algumas pesquisas científicas e estudos malucos revelados em revistas, jornais e outras publicações nos últimos anos:

Quanto mais álcool um cientista consumir, menos produtivo ele se torna. É o que indica um estudo publicado na revista científica Oicos. Genial, não?

Outro estudo genial: cientistas italianos descobriram que o sulfeto de hidrogênio, um dos gases responsáveis pelo pum, ajuda a dilatar os vasos sanguíneos do corpo e, consequentemente, funciona como remédio contra a impotência sexual.

Por falar em fedor, veja o que sugeriu a revista Clinical Neurology: dar calçados malcheirosos para epiléticos cheirar. A revista quer descobrir se é verdadeira a história de que chulé ajuda a evitar convulsões.

Mas nada como o estudo da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos. Os pesquisadores de lá descobriram que cabelos oleosos absorvem sete vezes mais ozônio. Ou seja, se quiser ser um ecologista engajado, é só deixar o cabelo bem seboso.

E se você tem barriga, cuidado! Um estudo feito nos Estados Unidos constatou que pneuzinhos a mais podem aumentar em até 250% as chances de demência na velhice.

Agora, essa é para as mulheres: se você é “siliconada”, fique alerta. Cientistas suecos constataram que o índice de suicídio entre mulheres com implantes de silicone é 39% maior. O problema costuma surgir, em média, 10 anos após a cirurgia de colocação das próteses.

Para o machões: homens com altos níveis do hormônio testosterona são mais suscetíveis a ficar doentes. Palavra dos pesquisadores da Universidade da Pensilvânia! Quanto maiores os índices de testosterona, menores os níveis de vitamina C, ferro…

Pesquisadores da Associação Americana de Sociologia constataram que quanto maior o número de abatedouros em uma cidade, maiores os índices de assaltos, brigas, estupros, assassinatos… Os crimes são 130% maiores nessas cidades.

Se você mora no Japão, cuidado: o número de bandidos idosos mais do que dobrou nos últimos anos. Só para se ter uma ideia, 48 mil velhinhos foram presos no país só em 2 007.

Se não quiser sair no prejuízo no Japão ou em qualquer outro lugar, leve uma foto de bebê na sua carteira. Pesquisa feita na Escócia sugere que, se houver fotos de crianças na carteira, maiores as chances dela ser devolvida pelos ladrões.

Ainda em relação à violência, uma pesquisa publicada no Australian Medical Journal revelou que os distúrbios violentos dobram nas noites de lua cheia.

Mais uma: cientistas da Universidade do Cairo, Egito, estudaram a reação do cheiro da gasolina nas pessoas e descobriram que ele é capaz de torná-las mais agressivas.

Uma pesquisa da Universidade de Newscastle constatou que, quanto mais querida for uma vaca, maior a quantidade de leite produzido por ela. Portanto, se for criador de gado leiteiro, é melhor você começar a dar nome às vacas.

Segundo uma pesquisa publicada nos Estados Unidos, o aquecimento global ajuda a aumentar o número de pessoas com pedras nos rins. Culpa das altas temperaturas, que fazem com que aumente a desidratação e, como consequência, os cálculos renais. Faz sentido.

Outra sobre o aquecimento global: um estudo sugere que nascem mais meninas do que meninos em países tropicais. Segundo os pesquisadores, os fetos femininos são mais resistentes ao calor. Portanto, quanto maior a temperatura do planeta, maior a população feminina.

Cientistas da Universidades de Jerusalém descobriram que as glândulas salivares são estimuladas com a proximidade de um celular. Quer dizer, ter um celular por perto faz você babar mais.

Dinheiro ajuda a alivia a dor. É o que afirmam alguns pesquisadores da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos. Eles observaram dois grupos, um que havia manuseado dinheiro e outro que não havia manuseado e constataram que o pessoal da grana conseguiu suportar por mais tempo as mãos mergulhadas em água fervente.

Quer se dar bem no emprego e aumentar sua capacidade de trabalhar em equipe? Fácil, basta comer queijo. Quer pensar melhor? É só ficar de braços cruzados. Quer ficar mais inteligente? Leia um livro sem pé, nem cabeça. Quer correr mais rápido? Faça bochechos com Gatorade. Quer perder peso? Vá para a Índia (lá, a gravidade é 1% menor).

Fontes: G1, Pagen Not Found, Folha de São Paulo, Mundo Estranho, Super Interessante.


Comentários!: