CONHEÇA 30 PRÁTICAS SEXUAIS BIZARRAS E INSANAS





Você já ouviu falar em dentrofilia? E em psicrofilia? Caso nunca tenha ouvido falar, saiba que são práticas sexuais incomuns, mas que possuem inúmeros praticantes. São conhecidas de psicólogos, psicanalistas e sexologistas como parafilias. Veja o texto abaixo e conheça algumas dessas práticas.

 

Espectrofilia – é quando a pessoa sente atração por seres do além como fantasmas e deuses. Para melhor compreender, é a excitação provocada ao se imaginar transando com um fantasma.

 

Necrofilia – ao contrário das pessoas que se interessam por fantasmas, os necrófilos sentem atração por corpos, cadáveres, pessoas mortas. Casos de estupros de cadáveres já foram registrados em diversos necrotérios e hospitais do Brasil.

 

Flatofilia – ninguém imagina que cheirar o “pum” de alguém possa ser excitante. Mas para algumas pessoas, é um verdadeiro tesão. A flatofilia consiste basicamente em sentir atração por gases e cheiro de excrementos alheios. Ela também é chamada de epoctrofilia.

 

Coprofilia – em matéria de nojeira, nenhuma prática supera a coprofilia. Trata-se de excitação provocada com o contato com fezes. É um pouco diferente da flatofilia em alguns detalhes, como o asqueroso ato de comer fezes.

 

Urofilia – sentir prazer com a urina alheia. Os adeptos da urofilia adoram que urinem neles. Alguns fazem questão de beber a urina do parceiro. É também chamado de “chuva dourada”.

 

Crush Fetish – é nada mais que o prazer de esmagar insetos e/ou pequenos animais durante o ato sexual.

 

Clismafilia – prazer sentido com líquidos introduzidos no ânus.

 

Mucofilia – ao invés de asqueroso, algumas pessoas acham aquele catarrinho escorrendo pelo nariz algo excitante.

 

Emetofilia – outra prática beeeem nojenta. Trata-se da excitação provocada pelo vômito. É também conhecida como “banho romano”.

 

Trampling – excitação provocada quando o cara é pisoteado. Ele adora quando alguém “passa por cima dele”.

 

Mecanofilia – já imaginou alguém sentir prazer com um robô? Pode parecer loucura, mas existe quem sinta. Essas pessoas adoram máquinas, objetos mecânicos e muito mais robôs (imagem acima). Filmes como Blade Runner, Inteligência Artificial e Eu, Robô devem ser muito excitante para elas.

 

Fornifilia – atração por outro ser humano, desde que ele se finja de mobília.

 

Agalmatofilia – excitar-se com manequins de lojas em shoppings e estátuas nuas em museus. Para o homem, mulher ou transsexual (que seja!), dar de cara com uma vitrine cheia de manequins pode ser mais excitante do que acessar um site de conteúdo erótico.

 

Furtiling – excitar-se penetrando fotos e desenhos.

 

Autonepiofilia – prazer em usar fraldas, chupetas e de ser tratado como bebê, inclusive durante o ato sexual.

 

Insuflação – excitação produzida ao soparar os orifícios corporais alheios.

 

Timofilia – Algumas pessoas adorariam trocar de lugar com o lendário rei Midas, que fazia os objetos virarem ouro quando tocava neles. A timofilia é justamente isso: a excitacão por objetos de ouro e pedras preciosas, além de outras coisas caras. O timófilo sente um prazer fora do comum com a riqueza.

 

Dentrofilia – atingir o orgasmo ao se esfregar em troncos de árvores.

 

Zoofilia – é o sexo e/ou a atração sexual por animais. Existem muitas revistas e vídeos pornográficos com essa prática, o que nos leva a deduzir que seja bastante comum.

 

Dacrifilia – excitar-se com o choro, as lágrimas de outra pessoa.

 

Simporofilia – a estranha e incomum excitação ao presenciar tragédias.

 

Hibristofilia – outra prática que não deve ser muito incomum. Trata-se da excitação sexual por criminosos.

 

Oculofilia – excitação causada pelos olhos de outras pessoas – em outras palavras, a pessoa gosta de tocar, beijar e até fingir penetração nos olhos alheios.

 

Frotismo – a julgar pela quantidade de denúncias, essa prática deve ser mais comum do que se imagina. Não é sem motivo que algumas cidades criaram vagões de metrô exclusivos para mulheres. O frotismo é a excitação provocada ao se esfregar nos outros nos transportes públicos lotados.

 

Latronudia – quando a pessoa se excita ao tirar a roupa para o médico.

 

Microgenitalismo – atração por pênis pequenos.

 

Psicrofilia – pessoas que gostam de chegar ao orgasmo sentindo frio.

 

Misofilia – excitação com roupas sujas de outras pessoas. Para elas, o cheiro da calcinha ou cueca do parceiro é tão ou mais excitante que as preliminares ou o próprio ato sexual em si.

 

Courofilia – excitação provocada por palhaços.

 

Fetiche por balões – é difícil de acreditar, mas alguns indivíduos se excitam com o cheiro, a forma e a textura dos balões (também conhecidos como bexigas) de aniversário.

 

Fontes: Wikipédia, Super Listas, Superinteressante, Metro, Terra.

 

 


Comentários!: