18 FATOS SOBRE UM CURIOSO E FASCINANTE PAÍS: A LETÔNIA





A Letônia possui apenas 2,2 milhões de habitantes, mais de cinco vezes menos do que a cidade de São Paulo.

 

Acredite se quiser, mas a Letônia possui mais mulheres (consideradas muito bonitas) do que homens. São 1,2 mulheres para cada 1 homem.

 

A capital e principal cidade do país é Riga. Detalhe: Riga é também uma das mais populosas entre as ex-repúblicas soviéticas do Báltico.

 

As cidades mais populosas são Riga, Daugavpils, Liepaja e Jelgava.

 

A maior parte da população é cristã de vertente luterana, católica romana e ortodoxa.

 

O idioma letão é um dos mais antigos da Europa. Calcula-se que tenha por volta de 5 mil anos.

 

A Letônia já foi dominada por diversos povos. Ela foi durante boa parte do século XX um dos Estados integrantes da União Soviética, ao lado de Lituânia, Estônia, Moldávia, Ucrânia e outras. Hoje, a Letônia é membro da OTAN e da União Europeia.

 

Declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, Riga é um prato cheio para quem gosta de arquitetura. O centro histórico possui inúmeras construções em estilo art nouveau. Elas foram erguidas numa época em que a cidade passava por um grande surto de prosperidade e até hoje marcam a paisagem local.

 

As taxas de natalidades são bastante altas em comparação com o restante da União Europeia. Mesmo assim, a população não para de encolher. Esse interessante fenômeno ocorre por um motivo bem simples: os jovens qualificados estão migrando para outros países – sobretudo Reino Unido, diga-se de passagem – em busca de trabalho.

 

A Letônia é o segundo país com as pessoas mais altas do mundo (o primeiro é a Holanda). Nosso blog não conseguiu confirmar, mas dizem que é também o país com as mulheres mais altas.

 

A Letônia possui um dos maiores festivais de música e dança do mundo, com milhares de participantes. Maestros e cantores líricos são bastante populares por lá. Aliás, os letões adoram cantorias. Não é difícil encontrar alguém que participe de algum coral.

 

Os letões prezam muito a sua música folclórica. O país possui uma das maiores coleções de canções folclóricas do mundo, totalizando mais de 300 mil.

 

Uma das tradições mais antigas do país é o Festival Jani, quando os letões celebram o dia mais longo do ano. As pessoas costumam acender fogueiras nos quintais, praias, em todos os cantos durante essa data.

 

A Letônia é um dos países com a internet mais rápida do mundo. O wi-fi é praticamente gratuito e ligeiro (nem precisa de senha) em praticamente todos os estabelecimentos públicos e privados.

 

O esporte nacional é o hóquei no gelo.

 

Apesar de ser um país pequeno, a Letônia possui mais de 500 quilômetros de praias. São praias de areia branquinha, que parecem convidar para um banho de mar. O problema: a água do Báltico é extremamente gelada e, às vezes, nem a população local, tão acostumada com o frio, arrisca-se a dar um mergulho.

 

Cerca de 50% do território do país é coberto por florestas. São inúmeros parques urbanos e nacionais, além de uma reserva da Biosfera. Os letões adoram passar os dias do curto verão ao ar livre, de preferência nos parques.

 

Os ninhos das cegonhas fazem parte da paisagem local. Eles são construídos postes, chaminés e telhados. Os letões possuem uma espécie de reverência por essa ave. Tanto que já estamparam selos e moedas com a alusões a elas.

 

Fontes: Wikipédia, Nômades Digitais, Facebook Letônia Brasil.

 

 


Comentários!: